terça-feira, 6 de julho de 2010

A menina da rua florida


Desceu do ônibus.
Olhou em volta, parecendo procurar algo que não encontrou.
Tinha uma expressão ansiosa.
Ficou parada por alguns instantes batendo o pé no ritmo da música que tocava em seus fones de ouvido, mas isso não pareceu acalmá-la.
Começou a andar em círculos, quando se deparou com um pequeno sebo no início daquela rua florida.
Resolveu parar e olhar uns livros.
Olhou primeiro a prateleira dos didáticos, onde os de química chamaram sua atenção. O que possivelmente justificava o fato de ela usar um jaleco branco.
Depois foi olhar os outros.
Parecia mesmo ansiosa, pois enquanto lia as sinopses, levantava a vista e olhava a sua volta diversas vezes.
Na parte das biografias, pareceu interessar-se pela de Anita Garibaldi.
Na prateleira seguinte, dois opostos pareceram atraí-la.
Um entitulado "Desespero".
O outro entitulado "Anjo".
Eram de autores diferentes, mas ela pareceu gostar bastante do mais sombrio.
Em seguida foi olhar os quadrinhos japoneses.
Foi interrompida por uma senhora.
Tirou um dos fones do ouvido, e ouviu a senhora dizer se ela vendia livros.
Ela disse que não, e apontou para a dona do pequeno sebo.
Nesse momento, seus olhos brilharam iluminando seu rosto.
Olhava na direção do outro lado da rua, para onde correu sem nem prestar atenção no sinal que, por sorte, estava fechado.
O provável motivo de sua ansiedade estava ali, fitando-a.
Ela correu até ele, abraçou-o e beijou-o.
E os dois saíram de mãos dadas.

:)

2 comentários:

  1. oown!!
    esses livros existem?
    são sobre o que?

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que esse sinal estava fechado hein xD

    ResponderExcluir