quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Hell Chronicles 2

- PAREM COM ISSO! VOCÊS DOIS! POSSO SABER O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI? - Bea dizia exaltada.
- Sinceramente, eu também queria saber! Esse idiota me atacou do nada, eu só tô me defendendo! - disse Taylor, depois de deixar roxo o olho de Theo.
- Idiota é a sua mãe, seu desgraçado! Eu vou acabar com a sua vida! Quem é você pra vir procurar a Sam uma hora dessas? Ela não quer nada com você!
- Ah não? Ela não parecia não querer nada do jeito que chegou lá em casa me agarrando ontem!
- O QUÊ??? DESGRAÇADO!!! - Theo dá um soco tão forte que derruba Taylor no chão.
- Theo, pára com isso! Desse jeito você mata ele!
- É essa a minha intenção se você ainda não percebeu! Cadê a Sam? Preciso tirar essa história a limpo com ela! Esse cara não pode estar falando a verdade! Você sabe de alguma coisa?
- Bom, ela..eu não vou te dizer nada até você se acalmar!
- Eu não vou me acalmar!!! Ou você chama ela aqui, ou eu mesmo vou atrás dela!
- Ela não vai vir aqui, Theo! Ela tá com a Becky, e...
- Eu to aqui! Que palhaçada é essa?
- Sam?! Becky, não falei pra você segurar ela lá dentro?
- Eu tentei, mas você a conhece.
- O que diabos está acontecendo aqui? Vocês parecem dois moleques de rua! Taylor, que história é essa?
- Pergunta pro seu amigo aí, porque até agora eu também não entendi nada.
- Sam! O que esse cara tá fazendo aqui?
- Pergunta pra ele. Eu vou lá saber o que ele tava fazendo aqui! A rua é pública, sabe..
- PÁRA DE SE FAZER DE BESTA! VOCÊ SABE MUITO BEM O QUE EU TÔ QUERENDO DIZER!
- Eu não me faço, eu sou.
- Oh my God, Sam! De novo, não! - disse Bea.
- Gente..não é por nada, mas eu acho bom a gente resolver isso lá dentro e...- disse Becky, até ser interrompida.
- Tay..o que tá acontecendo aqui, querido? Por que você tá todo machucado? Quem são essas pessoas?
- "Querido"? Quem é ela, Taylor?
- Bom, eu ia te contar, mas...
- Sou a namorada dele. Daniela, muito prazer! Taylor, quem é ela?
- NAMORADA? Como assim namorada? Quer dizer que eu tava sendo a "outra" esse tempo todo?
- Bom, não é bem assim, mas...
- "OUTRA"? O QUE ESSA VADIA QUIS DIZER COM "OUTRA"?
- PERAÍ! VADIA É SUA MÃE!
- Ai não, mais barraco... - disse Becky, confusa.
- CALEM-SE TODOS! Bom, o fato é o seguinte. Taylor e Sam dormiram juntos noite passada, mesmo sendo comprometido, sendo que Sam não sabia disso. Sabe Deus porquê ele estava passando justamente na nossa porta quando Theo o viu, pensou besteira e partiu pra cima dele. Agora, pra completar o circo, chegou a tal namorada do Taylor pra armar mais confusão. É isso mesmo? - concluiu Bea.
- Exatamente. - disse Taylor, de cabeça baixa.
- Parece que sim, ne! - disse Sam.
- Bom, acho que pra mim já deu. Teremos muito o que conversar em casa, Senhor Taylor. Você vem?
- Vou sim. Sam, eu..
- Cala a boca! Vai embora daqui! Vai pro inferno! Não quero mais olhar na sua cara! Nunca mais!
- Mas..
- SAI DAQUI, SEU IDIOTA!
Taylor sai, na base do grito e de tapas da namorada.
- Ótimo, o show acabou.
- Sam, espera... - disse Theo, puxando-a pelo braço.
- O que foi?
- Como você..pôde fazer isso? Justo esse cara?
- Você não tem nada a ver com isso. Não é meu namorado.
- Mas sou seu amigo! Me preocupo com você! Esse cara não presta! Ele não te ama! Ainda por cima tem namorada! O que você tem na cabeça?
- Nada, provavelmente.
- EU TO FALANDO SÉRIO, CARAMBA!
- Eu também.
- Pra mim não dá mais. Sério! Eu..não quero mais te ver, Sam! Nunca mais.
- Como assim nunca mais quer me ver?
- Nossa amizade acaba aqui. Pra sempre.
- Peraí! Do que você tá falando? Somos amigos desde a infância! Vai mesmo fazer isso comigo por causa de um...ciúme idiota?
- ...Vou.
- Tá bom. Por mim tudo bem! - diz Sam, e sai correndo para dentro do prédio.
- Theo..- diz Bea, preocupada.
- Eu vou embora.

Theo sai andando até sumir da vista de Becky e Bea, que em seguida correm pra casa preocupadas com Sam. Ao entrarem, ouvem apenas o barulho do chuveiro.

- Sam, abre a porta!
- ...
- Sam, é a Becky, abre a porta!
- Tô tomando banho!
- Não tá não. Você só tá sentada embaixo do chuveiro, chorando. Acha que eu não te conheço? Abre essa porta!
- Sam! Abre logo essa porta!! Conversa com a gente! Desabafa! Grita, se quiser! É melhor do que você ficar aí chorando sozinha. - diz Bea, nervosa.
- Eu tô tomando banho. E não saio daqui enquanto não acabar de tomar banho. Vão arrumar o que fazer e parem de me encher o saco!

Becky e Bea saíram da porta.
Becky abriu a geladeira e pegou uma cerveja.
Bea sentou-se no sofá e ligou a TV.
Enquanto isso, Sam estava sentada embaixo do chuveiro. Chorando.

Continua..ou não...

3 comentários:

  1. essa parte ficou mais confusa (principalmente na briga) mas tah bem legal :D A Sam me lembra mtu uma personagem minha em alguns momentos xD

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente, não li porque não li a primeira parte ainda e preciso dormir agora, mas passei pra você saber que eu ainda existo!!!XD
    Oh, como tenho me cansado, avah...

    Saudade, xuxu!!!!^^

    ResponderExcluir