terça-feira, 5 de outubro de 2010

"Namoro"

Essa palavra até um tempo atrás me dava frio na espinha.
Na verdade eu nunca tive coragem de me envolver em um relacionamento sério.
Parte por não querer magoar ninguém.
Parte por não querer compromissos.

Fui então surpreendida por um "Quer namorar comigo?"
Obviamente gelei na hora.
Não queria aceitar e me arrepender depois.
Não queria recusar (de novo!) e me arrepender depois.
Então respondi com o meu típico "Vou pensar."

Pensei.
Com um anjinho no meu ouvido esquerdo dizendo: "Aceite! Dê a si mesma uma chance de ser feliz! Vai ser bom pra você!"
E um diabinho no direito me dizendo: "Tá afim de magoar mais um? Vai lá, aceita então! Isso não vai durar um mês!"
Resolvi ouvir o anjinho. Mas as palavras do diabinho ficaram na minha cabeça até o último minuto.
Aceitei, ainda com medo do que poderia acontecer.
E realmente aconteceu algo inesperado: eu me apaixonei.

Me apaixonei pra valer, como nunca havia me apaixonado por ninguém antes.
Toda aquela dúvida de antes se transformou em uma única certeza: "Eu o amo e quero ficar com ele para sempre".
Amor.
Descobri que o amor existe afinal.
Se o amor vai embora, é porque não se soube cuidar dele.
Descobri o poder de um sorriso, de um abraço, de um beijo, de um toque, de um "Eu te amo" sussurrado no ouvido enquanto você está "dormindo".
Descobri que podia voltar a confiar em mim mesma.
Descobri que o amor não prende ninguém.
Me sinto livre, e o compromisso que eu tenho não é com o rótulo de "namorada" mas com o amor que eu sinto, que me faz querer estar com o homem que eu amo o tempo todo, e só com ele.
Descobri que sou capaz de amar incondicionalmente, de confiar, de cuidar, de ser feliz e de fazer alguém feliz.

E o motivo de toda essa felicidade hoje completa 6 meses!
Quem diria, não é?
O diabinho errou e muito!
Eu estou feliz.
Eu sou feliz.
E quero estar assim por mais 6 meses, e mais 6, e mais 6, e mais 6...e por aí vai! :)


Meu amor não tem freios
Nem receios de errar
Só entende os segredos
Que pude revelar...

Eu senti no teu beijo
Meu prazer acordar
Tinha fogo e desejo
Não, não quis mais parar...

O amor pegou de jeito
Bateu fundo no peito
Foi paixão
Não teve culpa nem medo
De viver só de ilusão
O amor pegou de jeito
Bateu fundo no peito
Foi paixão
Eu só quis prá mim
Tudo que há de bom
Tudo que há de bom...

Nosso amor deu sentido
Ao que eu sempre sonhei
Transformou meu destino
Me deu mais do que eu dei...

Nunca mais vou ser triste
Sei que me superei
Fui além dos limites
Dentro e fora da lei...

O amor pegou de jeito
Bateu fundo no peito
Foi paixão
Não teve culpa nem medo
De viver só de ilusão
O amor pegou de jeito
Bateu fundo no peito
Foi paixão
Eu só quis prá mim
Tudo que há de bom
Tudo que há de bom...

O amor quando acontece
Te encanta e dá prazer
Te enlouquece
Tua vida vira um filme
Que só você pode ver...

Atenção:
-"O amor não é um vício
Nem vive só de sexo
O amor quer te
Surpreender"...


(Tudo que há de bom - Luiza Possi)

2 comentários:

  1. Só sei que o anjinho mandou muito bem xD
    Te amo, meu amor!
    Feliz aniversário de 6 meses!

    ResponderExcluir